DILMA EM CADEIA NACIONAL: “ELES ERRARAM FEIO”

24 jan

“ Surpreende que, desde o mês passado, algumas pessoas, por precipitação, desinformação ou algum outro motivo, tenham feito previsões sem fundamento, quando os níveis dos reservatórios baixaram e as térmicas foram normalmente acionadas. 

Como era de se esperar, essas previsões fracassaram. 

O Brasil não deixou de produzir um único kilowatt que precisava(…). 

Cometeram o mesmo erro de previsão os que diziam, primeiro, que o governo não conseguiria baixar a conta de luz. 

Depois, passaram a dizer que a redução iria tardar. Por último, que ela seria menor do que o índice que havíamos anuciado. 

Hoje, além de garantir a redução, estamos ampliando seu alcance –e antecipando sua vigência. 

Isso significa menos despesas para cada um de vocês e para toda a economia do país (…)Todos, sem exceção, vão sair ganhando(…) 

Espero que, em breve, até mesmo aqueles que foram contrários à redução da tarifa venham a concordar com o que eu estou dizendo.

Aliás, neste novo Brasil, aqueles que são sempre do contra estão ficando para trás, pois nosso país avança sem retrocessos, em meio a um mundo cheio de dificuldades.

Hoje, podemos ver como erraram feio, no passado, os que não acreditavam que era possível crescer e distribuir renda. 

Os que pensavam ser impossível que dezenas de milhões de pessoas saíssem da miséria. 

Os que não acreditavam que o Brasil virasse um país de classe média. Estamos vendo como erraram os que diziam, meses atrás, que não iríamos conseguir baixar os juros”. (Presidenta Dilma; 23-01-2013) 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: