Nada de novo no Front ? by Maisa Paranhos

15 maio

OS EUA têm uma estratégia clara para criar uma opinião pública mundial: ao provocar , com cinismo, ingerência e arrogância, tenta publicizar uma Venezuela que só existe no desejo daquele Estado belicoso.
Alegando uma mentira já desgastada e sem nenhuma criatividade, esse Estado vem caluniando a respeito da “falta de respeito aos Direitos Humanos” na Venezuela.
Ora , eles sabem que ninguém mais acredita na estorinha pra boi dormir…
O que eu sei, é que eles começam assim, entrando pouco a pouco, de fininho; suas embaixadas e consulados são verdadeiros quarteis-generais do mais descarado golpismo; financiam setores nacionais , imprensa, “oposição indignada”; provocam a especulação de produtos de primeiras necessidades; criam o “caos” na imprensa nacional e a tão cantada e decantada estorietazinha caluniosa sobre os “direitos humanos”.
Qual é a aposta desses caras? Acreditam mesmo que vão convencer o mundo com o mesmo disco? Qual seria, esta aposta?
Creio que a opinião pública mundial sabe perfeitamente como agem os EUA.
Mas credito também, que quando ele tenta criar uma imagem de desorganização interna, de uma oposição “aviltada”, de uma população “desprotegida” e “presa” de um “Regime ditatorial”…tenta passar ( para o mundo afora) que uma parte da população está desprotegida; embaralha as informações, uma Venezuela “instável”, em que nem vale a pena investir, surge, e isso pode bastar para um mundo teleguiado pelo PIG internacional…
Assim tem sido…
Patrícia Verdugo , jornalista chilena, escreveu um pequeno livro “Como os EUA derrubaram Allende” em que deixa claríssima a ação daquele Estado no Chile e de tabela, na Latino -América. Nixon dizia quero ver o “economia gemer de dor”…E assim foi.
Hoje o Continente vem conquistando uma Integração que vai ganhando corpo e fragilizando a presença dos EUA em nosso Continente, com um mundo multipolar e um mercado diversificado, que não é mais escravo de suas imposições.
Porém as “noções”, as “ondas “, as emoções de um frenesi tão bem descrito no Rinoceronte de Ionesco, são a matriz da fertilidade fascista e irresponsável.
Determinados momentos da História, são tão graves, que preferimos, por vezes, uma reserva de energia emocional, preferimos não ter posições que nos demandem um comprometimento com o que sabemos.
E fingimos…
Bem , o que eu estou a dizer?
Que é preocupante a situação da Venezuela e, contra uma investida do Norte, A UNIDADE LATINO-AMERICANA É FUNDAMENTAL E NADA DISPENSÁVEL, AO CONTRÁRIO, MUITO BEM-VINDA A PRESENÇA DA CHINA EM CARACAS.
FireShot Screen Capture #109 - '(94) Maisa Paranhos' - www_facebook_com_maisa_paranhos_hc_location=stream
Maisa Paranhos,diretamente do Facebook

Anúncios

3 Respostas to “Nada de novo no Front ? by Maisa Paranhos”

  1. alinabr maio 16, 2013 às 12:17 am #

    Reblogged this on OlheCuba .

  2. danitobr maio 16, 2013 às 11:41 am #

    Reblogged this on danitobr.

Trackbacks/Pingbacks

  1. A matéria “Cubanos, para quê?” publicada na revista Veja seria hilária se não fosse criminosa | SCOMBROS - maio 15, 2013

    […] Nada de novo no Front ? by Maisa Paranhos […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: