“Performáticos”? Sei. O nazismo também tinha uma estética e uma performance.

28 out

image

Estou cheia. Basta. Não aguento mais ver gente de alto nível intelectual dizendo que a polícia é violenta com os Black Blocs. Quem começa a violência? A polícia ou esses fascistas? Concordo que a polícia militar é resquício da ditadura e que a polícia deveria ser desmilitarizada. Mas quero segurança sim. Não vivemos num estado de natureza, de guerra de todos contra todos, mas numa sociedade civil, numa democracia, sustentada por um Estado de Direito, que é o estado onde ninguém está acima da lei.

Quem gostaria de saber que seu pai ou sua mãe idosos estão na rua e podem ser atingidos pelo vandalismo? Quem aceita saber que seus filhos adolescentes podem estar num ônibus e terem que descer porque os BBs começam a quebrar seus vidros e depois o incendeiam? O que é isso? Querem o caos? Querem desestabilizar um país que não está sob uma ditadura. Não concordo com isso. Ninguém me convence que os Black Blocs são os “oprimidos”. Se isso for verdade, estão sendo comandados. “Performáticos”? Sei. O nazismo também tinha uma estética e uma performance.

Vivemos numa sociedade autoritária e hierarquizada que sempre criminalizou os movimentos sociais. Os Black Blocs contribuem para que a sociedade acabe “exigindo"que alguém "coloque ordem” no país. E aí já conhecemos esse filme.Estou cansada de ver gente dizendo que não estamos “entendendo” o que está acontecendo.

Quer dizer então que nós, que sabemos o que é um estado de exceção, que lutamos por democracia durante toda uma vida, que lutamos por justiça social, temos que achar que um bando de moleques irresponsáveis venham nos dizer que estamos numa ditadura e que não sabemos o que é democracia? Quer dizer que temos que achar que Black Blocs são movimentos sociais e que quando são presos pela violência que estão cometendo, são “presos políticos”? É brincadeira?

Então a polícia tem que deixar essa turminha de encapuzados mascarados brincar de revolução e ainda juntar os dedos para fazer coraçãozinho para eles? Não contem comigo para essa festa podre. Quem quiser defender Black Bloc comigo vai perder tempo. Defendo a democracia e luto pela democratização das instituições, não a farra de um bando de pseudo anarquistas que querem a destruição do Estado, mas que estão a serviço dos anarcocapitalistas, que também querem o fim do Estado.

Sou defensora dos direitos humanos, que não admitem dois pesos e duas medidas, porque são universais. Defendo direitos humanos para bandidos e para o coronel da polícia, que foi covardemente agredido por um bando de delinquentes. Violência revolucionária não é isso que estamos vendo. É outra coisa. Acordem, por favor.

Maria Luiza Quaresma Tonelli

Maria Luiza Quaresma Tonelli

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: