Trecho de Comunicado do Sindicato dos Trabalhadores Autônomos da Ucrânia dia 6 de dezembro de 2013:

22 fev

John McCain tirando foto do povo cantando o hino da Ucrânia com os celulares levantados no Euromaidan

Mccain jantando com Vitaly Klitschko do UADR e com o líder do Svoboda

Estamos vendo que a situação no Euromaidan está completamente controlada pela extrema direita. A retórica ultra-nacionalista expulsou de vez todos os outros tópicos, a única palavra de ordem que os manifestantes conhecem é “Heil à nação, morte aos inimigos.” A maior parte dos manifestantes neonazistas é controlada pelo partido Svoboda, mas há também outros grupos: UNSO, Tryzub, Social-Nationalist Assembly etc. Eles são completamente tolerados pela chamada oposição “nacional democrática”. Um dos líderes do Euromaidan, Yuriy Lutsenko liderou pessoalmente o Ministério do Interior por 4 anos e durante esse tempo não fez nada para impedir a brutalidade da polícia ou para acabar com a Berkut e outras forças especiais. Em vez disso ele prometeu dispersar multidões de manifestantes com gás lacrimogêneo e tornou-se famoso por criar perfis raciais de indivíduos de nacionalidades não-eslavas e pela sua frase “Podem me chamar de racista se quiserem.” Agora na Euromaidan ele expressou publicamente sua preocupação com o destino de “40 milhões de cristãos brancos e bem educados.” Outros líderes da oposição também não têm nada contra a extrema direita.

O terror político contra ativistas de esquerda e sindicalistas, que se intensificou nesse último ano não cessou agora. Nós não concordamos com as visões políticas dos ativistas que foram espancados ontem, mas entendemos que no lugar deles podiam estar os ativistas do AWU [Sindicato de Trabalhadores Autônomos] ou qualquer pessoa que não concorde com o programa político dos nacionalistas. Nós somos contra o estado policial sob o comando de Yakunovych-Zakharchenko ou de Tiahnybok-Miroshnychenko. Não temos representante no Parlamento, nem dinheiro e nem tropas militantes; nossa única arma na nossa luta contra o estado e os nazistas é a solidariedade.
* * *
“Meanwhile, we see that the situation at Euromaidan is fully controlled by the far-right. Ultra-nationalist rhetoric has securely crowded out all other topics there; the only slogan known to the protesters is “Hail to the nation, death to the enemies.” Most of the Neo-Nazi militants are controlled by the Svoboda party, but there are also other groups: UNSO, Tryzub, Social-Nationalist Assembly, etc. They are completely tolerated by the so-called “national democratic” opposition. One of the leaders of the Euromaidan, Yuriy Lutsenko, himself used to lead the Interior Ministry for four years, during which time he did nothing to stop police brutality or disband Berkut and other special forces. Instead, he promised to disperse protesting crowds with tear gas and became notorious for racial profiling of individuals of “Non-Slavic” nationalities and for his phrase: “You can call me a racist if you want.” Now at Euromaidan he publicly expressed his concern about the fate of “40 million educated white Christians.” Other opposition leaders also don’t have anything against the far-right.

“The political terror against the left and union activists which has intensified during the past year hasn’t stopped now. We don’t share political views of the activists who were beaten yesterday, but we realize that in their place could just as well be the activists of AWU or anyone else who doesn’t agree with the political program of Nationalists. We are against a police state under the rule of Yanukovych-Zakharchenko or the rule of Tiahnybok-Miroshnychenko. We have neither Parliament membership nor money nor militant troops; our only weapon in our struggle against the state and Nazis is solidarity.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: