O BV, o Atravessador e o Artista por Edu Franco

16 jul

image

A TV anda tão insuportável que eu não ando com estômago pra ver, é decadente, mas imprime falsas ideias como ninguém, tomaram uma boa lição com a Copa, na verdade esses Marinhos são os cavaleiros que vão por o império em franca e inevitável decadência, está óbvio isso, e abusam tanto de não se importar nem com a audiência porque inventaram um tipo de suborno legal, o BV, a Globo não depende de audiência por isso faz o que faz sacrificando a audiência dos jornais, programas, novelas, com ou sem audiência ela sabe que dois terços da verba publicitária do país vai para ela.

Ela paga por isso através de um lobe legalizado, foi a Globo que inventou isso e fez virar lei, mas hoje todas as emissoras usam o recurso, tendo a Globo dois terços dele, todas as emissoras passaram a trabalhar assim, elas legislaram isso, um mercado que não se dá pela concorrência de mercado através do serviço oferecido, e sim pela compra do cliente, eles pagam os anunciantes para anunciar neles, e pagam adiantado, oferecendo espaço publicitário, na verdade não há incentivo nenhum, a Globo deixa o anunciante anunciar antes de pagar.

Não importa se tem ou não audiência, tem anuncio e verba, então eles chutam o balde e fazem política partidária descarada, manipulam, levam ao engano o tempo todo, ao mesmo tempo é tão baixo astral que a audiência cai, a repórter da CBN falou isso para o Mainardi com cara de nádega, você fica pesando, vendendo caos seletivo o tempo todo, as pessoas começam a fugir da mídia, a audiência cai violentamente;.

Por enquanto eles estão seguros por que tem proteção legal, então enquanto não mudarmos a lei, não haverá concorrência de mercado nas empresas de comunicação, haverá acordos, lobe entre empresas de comunicação e agencias publicitárias, e esse monopólio se dá não apenas na área comercial como também na política paritária que lhe conferiu legalidade.

Não há concorrência na mídia, por isso não importa se tem audiência, credibilidade, qualidade, não importa se a música é ruim, o humor é ruim, o jornal é ruim, nada importa em um mercado que está engessado, determinado, com cartas marcadas.

Nesse mundo, nós artistas, viu Roney Giah e Sonekka Osmar Lazarini, incluindo bons diretores, jornalistas, roteiristas, compositores, cantores, nos tornamos obsoletos, eles escolhem a porcaria que quiserem e aceite suas condições, num mercado assim, quem faz arte, arte pop, erudita, de mídia, arte qualquer, é obsoleto, porque o público com sua audiência não é quem escolhe e seleciona nesse mercado, o que vai ser oferecido é pré-determinado por quem pagou por isso, nesse mundo o astro principal é o atravessador e não o artista.

(Edu Franco).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: