A saudade tardia. por Sergio Ricardo

5 set

 

 

Que filhos, em sua maioridade, atribuam erros a seus pais pela educação que receberam, ou pouca fortuna que lhes legaram, ensinamentos, juras, vida enfim com sua escala de valores e bens, e os condenem desejosos de terem tido pais diferentes que os pudessem regalar melhores condições e uma existência melhor, para depois de maduros caírem em si, pelas razões dos equívocos que os levaram a seus arrependimentos e passarem a respeitá-los por suas incríveis conquistas à mão, com amor, tudo bem.

Muitas das vezes depois de suas mortes, quando a saudade se faz tardia, deixando um gosto amargo na boca e na alma do filho a mastigar sua ingratidão pelo resto da vida. Tudo bem que este seja um crime sem castigo, por ser comum no seio das famílias em qualquer parte do mundo no processo de evolução de cada cidadão.

Mas é muito estranho, que num país como o nosso este mesmo processo tenda a se repetir na ingratidão de nosso povo em relação a seus governantes, especificamente no momento atual: na multidão de filhos de nossa nação solicitando mudanças, como a desejar novos tutores transgênicos que se candidatam a padrastos do país, mancomunados com tradições entreguistas, nitidamente escancaradas, vencidos pela boataria dos meios de comunicação claramente manipulada, a encobrir os verdadeiros fatos e a induzir seu senso juvenil a aceitar mudanças inverossímeis, como se todos tivessem sido enganados por seus pais verdadeiros, naturais.

Mais orgânicos impossível: um que veio do útero do povo com seu sotaque, sua alma, sua coragem de transformação elevando a moral do pais e outra que brotou das grades da tortura a defender seus descendentes vicerais, conquistando ambos o respeito à cidadania de seu povo, construindo um lar invejado pelo mundo, lutando com unhas e dentes para ampará-los, convivendo com abutres a impedir conquistas, para que não sugassem o sangue de seus filhos que ficam por aí, hoje, a lamber sola do sapato de candidatos a padrastos como se estes fossem leva-los ao Nirvana.

Ingenuidade infantil e imensa ingratidão que só será descoberta ao levarem as chibatadas do atraso político do pais projetado nessa ilusão desenhada em pranchetas dos carrascos da humanidade.

Tenham a santa paciência meus irmãos de sangue da mãe pátria. Cresçam. Acordem e vejam a merda de retrocesso que nos vai levar ao descomunal e tardio arrependimento quando seu pai Brasil sucumbir, amargando uma saudade tardia.

Sergio Ricardo

Sergio Ricardo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: