Whatsapp e Netflix na mira de “EdyBadGuy Cunha”

10 ago

Eduardo Cunha entra em campo novamente contra a internet livre
Por Todd Tomorrow

Entre 2013 e 2014, o agora presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, tentou entregar os direitos dos usuários de internet para as operadoras de telefonia no âmbito do Marco Civil da Internet. O ataque contra a neutralidade da rede era uma tentativa de fracionar a internet brasileira e nós, usuários, teríamos de pagar por cada serviço. Usa e-mail? Paga um valor. Usa youtube? Mais uma taxinha. Facebook? Um adicional de tanto. O deputado chegou a afirmar que essa rede neutra e ilimitada era um modelo comunista de internet. Felizmente, ele não conseguiu ainda que tenha ameaçado lograr êxito.

Agora, representantes dessas mesmas operadoras articulam com o mesmo deputado uma forma de alterar a regra tributária e a regulamentação dos serviços do whatsapp e do Netflix. Ele que sempre foi considerado um dos maiores lobistas de uma infinidade de conglomerados empresariais em detrimento dos interesses da população e que é considerado um herói dos ‘liberteens’ que ignoram os efeitos nefastos do financiamento empresarial de campanhas eleitorais.

Comenta-se que ao garantir uma quantia obscena de recursos, que certificou sua campanha eleitoral como a segunda mais cara dentre todos os 513 deputados eleitos, foram tantas as empresas que desejavam financiar sua campanha e assim estar sob a proteção do seu guarda-chuva, que Cunha conseguiu financiar, direcionando as ofertas de doação eleitoral excedentes para mais de 20 campanhas eleitorais de aliados eleitos só na Câmara Federal! Teriam recebido parte da bonança candidatos de seu partido, o PMDB e de outros como o PSC, DEM e SDD.

Cunha não precisará encampar pessoalmente a proposta das operadoras contra os serviços do whatsapp e Netflix, como o fez no Marco Civil da Internet, até em razão de ser presidente da Casa. Hoje ele é uma figura nacional. Desconfio que está em processo de escolha o nome do capanga que levará a proposta.

Não por coincidência foi instalada uma Subcomissão Especial dos Serviços de Telefonia Móvel e TV por Assinatura que tem debatido, sem acompanhamento da sociedade civil organizadas, o modelo da prestação dos serviços de telecomunicações no país. A alegação para a criação dessa subcomissão é este: “O colegiado busca propostas para o aperfeiçoamento do modelo regulatório dos serviços de telefonia móvel e TV por assinatura, ouvindo agentes públicos, privados e representantes da sociedade civil ligados ao setor.”

Não importa se você defende ou não algum campo de orientação econômica, seja neoliberal, marxista, keynesiano, etc. A política está sendo tocada na Câmara dos Deputados num nível inédito de fisiologismos, clientelismos e nos piores interesses imagináveis e não em correntes de pensamento.

Por Todd Tomorrow

http://www.guerrilhagrr.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: